Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 17 de agosto de 2017. Atualizado às 09h03.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

varejo

Alterada em 17/08 às 09h08min

Lucro do Walmart cai a US$ 2,9 bilhões no 2º trimestre fiscal

A receita da varejista norte-americana subiu 2,1%

A receita da varejista norte-americana subiu 2,1%


Frederic J. BROWN /AFP/JC
O Walmart, maior grupo varejista do mundo, divulgou nesta quinta-feira (17) que teve lucro líquido de US$ 2,9 bilhões em seu segundo trimestre fiscal, menor que o ganho de US$ 3,77 bilhões obtido em igual período do ano passado. Na mesma comparação, o lucro por ação diminuiu para US$ 0,96, de US$ 1,21. Com ajustes, o ganho por ação foi de US$ 1,08, acima da projeção de analistas consultados pela FactSet, de US$ 1,07.
A receita da varejista norte-americana subiu 2,1% para US$ 123,36 bilhões no último trimestre, de US$ 120,9 bilhões um ano antes, também superando a projeção do mercado, de US$ 122,84 bilhões.
Já as vendas de mesmas lojas cresceram 1,8%, no 12º ganho trimestral consecutivo, enquanto o tráfego de clientes aumentou 1,3%. As vendas online do Walmart, por sua vez, tiveram expansão de 60%.
Nos negócios do pré-mercado em Nova Iorque, a ação do Walmart operava em queda de quase 3% por volta das 8h55min (de Brasília). Até o fechamento de ontem, o papel acumulava valorização de 17%.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia