Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 17 de agosto de 2017. Atualizado às 00h24.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Conjuntura Internacional

Notícia da edição impressa de 17/08/2017. Alterada em 16/08 às 20h52min

Trump dissolve conselho empresarial após renúncia de diversos executivos

O presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou ontem a dissolução de dois conselhos consultivos formados por CEOs de empresas. A decisão ocorreu após diversos executivos se demitirem desses órgãos devido aos comentários de Trump a respeito das manifestação de supremacistas brancos na Vírginia, no fim de semana.
"Em vez de pressionar os empresários do Conselho de Indústria e do Fórum de Estratégia e Política, estou cancelando os dois. Obrigado a todos", disse Trump em sua conta no Twitter.
Os principais executivos de empresas como Merck, Intel e Under Armour estavam entre os últimos a renunciar a esses conselhos, após Trump culpar os dois lados pelos incidentes do domingo passado que deixaram uma mulher morta, em um protesto antirracista contra a manifestação de supremacistas brancos na Virgínia.
Em meio às críticas recebidas por Trump, seu vice, Mike Pence, irá encurtar sua viagem pela América do Sul e retornar aos EUA. "O que aconteceu em Charlottesville foi uma tragédia. E o presidente deixou claro isso, assim como eu", disse Pence nesta quarta-feira, durante visita ao Chile.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia