Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 03 de agosto de 2017. Atualizado às 22h45.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Agronegócios

Notícia da edição impressa de 04/08/2017. Alterada em 03/08 às 21h26min

BRDE financia R$ 49,6 milhões em aquisições para a Aurora Alimentos

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e a Cooperativa Central Aurora Alimentos assinam hoje um contrato de financiamento para a aquisição de duas unidades de abates, sendo uma de frangos e outra de suínos, localizadas no município de Erechim, pela Aurora. O investimento da Aurora na compra será de R$ 108.437.500,00, dos quais R$ 49.593.000,00 serão financiados pelo BRDE em parceria com o Bndes, por meio do Programa de Desenvolvimento Cooperativo para Agregação de Valor à Produção Agropecuária (Prodecoop).
A assinatura acontece durante a reunião de transferência da presidência do Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul) para o governador de Santa Catarina, João Raimundo Colombo. Com a aquisição, a Aurora passa a ser proprietária dos ativos da Unidade de Abate e Industrialização de Suínos, com capacidade para processar 418 mil cabeças/ano, e também da Unidade Abate e Industrialização de Aves, com capacidade 26,7 milhões de cabeças/ano. Os dois frigoríficos já respondem em conjunto por 7,8% da receita operacional bruta do conglomerado Aurora e sustentam 2.496 empregos diretos, que representam R$ 52,3 milhões em salários e R$ 11,6 milhões em encargos sociais.
A Aurora conta hoje com 13 cooperativas afiliadas, que congregam mais de 72 mil famílias. A cooperativa tem 15 plantas de processamento de proteína animal, duas de laticínios, seis fábricas de rações.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia