Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 23 de agosto de 2017. Atualizado às 08h57.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Carlos Pires de Miranda

De Olho na tevê

Notícia da edição impressa de 22/08/2017. Alterada em 21/08 às 21h51min

Quem aposta no Grêmio?

A Libertadores fica para depois, aparenta ser mais difícil. Mas está aberto o caminho ao título na Copa do Brasil. Amanhã poderá tombar o maior obstáculo - decidir contra o Cruzeiro será uma pedreira. Mas o Mineirão tornou-se vantajoso ao Grêmio, porque a partida começa com 1 a 0 a seu favor. Ou seja: Mano Menezes terá de jogar seu time à frente e o ataque gremista saberá valer-se dos espaços para contragolpes. Depois pode vir qualquer um, minha aposta é no Tricolor: vive um momento bem melhor do que o Mengão e tem incontestável superioridade sobre o Bota.
O Inter jogando o que deve
Enquanto não se via futebol em campo, estive entre os que cobraram resultados de Guto Ferreira. Agora que o time se ajeitou, fez cinco jogos no nível que sempre deveria ostentar em uma Série B, há que se reconhecer os méritos do técnico - e da direção, que fez todo o possível para reforçar o grupo. É bom ver D'Alessandro render o que atualmente pode, Sasha aproveitando com naturalidade chances que antes desperdiçava, o Búfalo Pottker jogando sua impetuosidade contra a zaga adversária. O time está bem. Agora basta manter o padrão que, em dez rodadas, estará na Série A.
Massacre futebolístico
Jogos todos os dias e noites, de domingo a domingo. Temos o Inter e a Série B às terças-feiras e sábados, os 20 times da Série A, os da Copa do Brasil e da Libertadores se esparramam nos demais dias da semana. Os campeonatos e torneios europeus nos desafiam já pela manhã, com destaque para o Inglês, o Espanhol, o Italiano, o Alemão... E consideradas as ofertas de todos os canais - o Campeonato Chinês, o Colombiano, para citarmos dois menos famosos -, mais as disputas entre seleções, o cara passa 24 horas por dia na frente da tevê e não assiste a tudo.
O best-seller dos cavalinhos
Em uma esquina da Padre Chagas, na tarde de sábado, cavalinhos do Fantástico são ofertados por R$ 50,00. Qual vende mais, questiono: Grêmio ou Inter? A resposta surpreende: "O Corinthians, principalmente por causa da garotada. Neste ano então, tudo o que trago eles compram ligeirinho, já não tenho nenhum hoje". Até entendo, o Ibope diz que se trata da terceira maior torcida do Rio Grande. Mais preocupante é a promessa do ambulante para dia 30, quando o Brasil e Neymar jogarão aqui: cavalinhos com a camisa 10 do PSG. "Vai vender como ceva gelada no calor", ele garante.
Pitacos
Damião está confirmando a baixa expectativa em torno de si, mas não dá prejuízo. Já Bolaños, que custou uma fortuna ao Grêmio, vive angustiado, pedindo para não jogar, embora se saiba que tem futebol. *** O Ju lentamente se reaproxima do G-4. O Xavante tomou quatro do Londrina, mas hoje tem boas chances de reabilitar-se contra o Goiás. *** Mesmo na Série B, a fidelidade dos colorados impressiona: mantêm-se em quinto lugar no Torcedômetro, com 112 mil sócios, logo abaixo do São Paulo, que tem 115 mil. O Grêmio é o terceiro, com 120 mil. *** Corinthians, com 123 mil, e Palmeiras, com 122 mil, lideram o ranking.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Dorian R. Bueno 22/08/2017 16h26min
O DALESSANDRO NÃO É PROBLEMA, E SIM A MARCAÇÃO QUE SOFRE !!!nnColorados, em time que está ganhando não se mexe, mas se for preciso, somente por lesão, desgaste físico, suspensão, ou para fazer os reservas pontuais buscar a vitória e manter a intensidade até o final da partida. Parece estranho, mas é assim que estou vendo o time do Internacional engrenando na Série B, por estar repetindo a equipe e conseguindo criar um ótimo ambiente entre todos os jogadores, independente de ser ou não titulares. Ainda bem que aquelas quedas de produção técnica, tática, emocionais já fazem parte do passado, e tomara que não volte mais para prejudicar o desempenho do Internacional, que agora embalou forte para conquistar o segundo turno. Os jogadores descobriram que o INTERNACIONAL é um TREMENDO GRUPO, e estão entrando muito mais ligado no primeiro tempo dos jogos, principalmente por que o Guto Ferreira definiu o esquema de jogo, e todos passaram acreditar nele até o apito final. Um time VENCEDOR se faz com todos os jogadores do plantel. Abs. Dorian Bueno Google+Plus, POA, 22.08.2017nnn
Dorian R. Bueno 22/08/2017 08h43min
AS ÚLTIMAS CINCO VITÓRIAS NÃO PODEM ACOMODAR O COLORADO !!!nPodemos admitir que já estamos tendo um TIME neste momento, por que os resultados que todos COLORADOS esperavam começaram acontecer, e as CINCO VITÓRIAS consecutivas não foram à toa, ainda mais que somos VICE LÍDER, temos a MELHOR DEFESA e o ATAQUE é o 2º da Série B. Sabemos que teremos problema de reposição durante a competição principalmente para a lateral esquerda, onde o Uendel não tem conseguido jogar de forma brilhante, e mesmo assim, é titular por falta de reservas. O treinador Guto até tem conseguido escalar e mexer certo do meio para frente, principalmente por que quem entra, não está sentido diferença na engrenagem que está funcionando dentro do campo. Agora o INTERNACIONAL está tranqüilo, por que com um esquema definido todos ficam mais calmos, menos ansiosos, mas precisamos manter isto, ainda mais que teremos 17 partidas pela frente e não podemos baixar a guarda, e desfocar. Abs. Dorian Bueno Google+Plus , POA, 22.08.2017nn