Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 28 de julho de 2017. Atualizado às 00h13.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Canadá

Notícia da edição impressa de 28/07/2017. Alterada em 27/07 às 21h07min

Governo canadense convida transgêneros a ingressarem nas Forças Armadas

Depois do anúncio do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de que irá banir pessoas transgênero das Forças Armadas do país, o Canadá iniciou uma campanha promovendo o recrutamento de soldados de todas as identidades e orientações sexuais.
"Independentemente de sua orientação/identidade sexual, venha para as Forças Armadas canadenses", publicou no Twitter o Ministério da Defesa. O texto é acompanhado de uma foto da banda da Marinha Real do país desfilando em uma das comemorações do Dia do Orgulho Gay, em Toronto. O tuíte das Forças Armadas do Canadá também tem um link para um site do governo com oportunidades de trabalho e profissionais no Exércitos do país.
O veto de Trump foi anunciado na quarta-feira. Ele alegou ter consultado especialistas militares e afirmou que as Forças Armadas "precisam se concentrar na vitória decisiva e esmagadora e não podem ser sobrecarregadas com os tremendos custos médicos e distúrbios que envolvem os transgêneros".
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia