Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 20 de julho de 2017. Atualizado às 00h04.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato brasileiro

Notícia da edição impressa de 20/07/2017. Alterada em 19/07 às 23h05min

Superioridade do início ao fim em Salvador

Destaque na partida, Fernandinho marcou o primeiro gol gremista

Destaque na partida, Fernandinho marcou o primeiro gol gremista


ROMILDO DE JESUS/FUTURA PRESS/FOLHAPRESS/JC
Depois da sequência de três derrotas seguidas, o Grêmio consolidou ontem a sua recuperação no Campeonato Brasileiro ao derrotar o Vitória por 3 a 1, em Salvador, e conquistar seu terceiro triunfo na sequência na competição.
A proposta do Vitória no início de partida era clara: marcar forte o Grêmio no meio campo, impedindo os gaúchos de jogarem e, e tenta, principalmente na base da bola alçada na área, achar um gol. Pois o Tricolor trato de desmanchar a estratégia baiana logo cedo. Aos sete minutos, Fernandinho arrancou pela direita de ataque e sofreu falta na estrada da área. Ele mesmo cobrou com categoria para vencer o goleiro e fazer o 1 a 0.
O desafio do time de Renato Portaluppi era manter a qualidade na transição meio-ataque sem a presença de Luan. O objetivo foi alcançado. O time está tão "encaixado" que, mesmo sem o seu melhor jogador do ponto de vista técnico, seguiu praticando o toque de bola com calma até uma oportunidade surgir.
E foi dos pés de Maicon, aos 42, que ela apareceu. O capitão enfiou bola na direita da área para Pedro Rocha, que escorou par Fernandinho. O atacante tocou para Arthur, sozinho, pelo lado esquerdo, tirar de Fernando Miguel e fazer o segundo.
O Vitória voltou mais animado na segunda etapa, e o gol aos 12 minutos marcado por David, após cobrança de escanteio pela esquerda, colocou fogo no jogo. O Grêmio se desestabilizou e os donos da casa cresceram, mas por apenas cinco minutos, pois, aos 17, Everton, que entrara no lugar de Barrios, roubou a bola pela esquerda e inverteu para Ramiro, na direita. O volante dominou e encheu o pé para acertar o ângulo e fazer o 3 a 1.
Os baianos até que tentaram ir ao ataque e ameaçar o Tricolor, mas não conseguiram superar a sua própria falta de qualidade técnica e a atuação segura do time gaúcho. O Grêmio volta à campo na segunda-feira, quando encara o São Paulo no Morumbi.
Vitória 1 x 3 Grêmio
Fernando Miguel; Caíque Sá (Patric), Alan Costa, Kanu e Geferson; Renê Santos (David), Uillian Correia, Carlos Eduardo e Cleiton Xavier (Yago); Tréllez e André Lima. Técnico: Alexandre Gallo.
Marcelo Grohe; Edílson, Rafael Thyere, Kannemann e Bruno Cortez; Maicon (Jailson), Arthur, Ramiro e Fernandinho; Pedro Rocha (Marcelo Oliveira) e Lucas Barrios (Everton). Técnico: Renato Portaluppi.
Árbitro:  Péricles Bassols (PE)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia