Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 08 de julho de 2017. Atualizado às 19h01.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

série B

08/07/2017 - 18h46min. Alterada em 08/07 às 19h03min

Criciúma sai na frente, mas Inter empata no fim e evita derrota em casa

Empate colorado veio só no fim do segundo tempo

Empate colorado veio só no fim do segundo tempo


Ricardo Duarte/S.C Internacional/JC
O uniforme novo não deu sorte, e o Internacional empatou em 1 a 1 com o Criciúma na tarde deste sábado (8), no Beira-Rio, em jogo válido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O colorado largou atrás no placar, com gol do Tigre ainda no começo do primeiro tempo. O empate veio só no fim da segunda etapa, aos 48 minutos, evitando uma derrota em casa.
O empate não alivia a pressão sobre o técnico Guto Ferreira. O comandante do Inter vive tensão pela falta de evolução do time, dono de uma das piores campanhas na Série B. Com o resultado de hoje, o Inter fica na sexta posição, com 18 pontos. O time agora parte para dois jogos fora de casa, contra Ceará, na terça-feira (11), e diante do CRB, no dia 15. No Beira-Rio, o próximo jogo é contra a Luverdense, em 18 de julho.
Já o Tigre estão na 12ª colocação, com 16 pontos, em uma série de vitórias sob o comando de Luiz Carlos Winck. Também na terça, o Criciúma recebe o Paysandu, no Heriberto Hulse, às 19h15.
O jogo deste sábado foi a estreia do Inter com sua camisa nova. Vermelha, com uma faixa horizontal em um tom mais escuro da mesma cor, o uniforme foi apresentado em evento na última quinta-feira. Deste então recebeu críticas da torcida. No entanto, segundo o presidente Marcelo Medeiros, em 48 horas o nova camisa do Inter bateu as anteriores em número de vendas.
Com informações da Folhapress
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia