Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 05 de julho de 2017. Atualizado às 23h50.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

vôlei

Notícia da edição impressa de 06/07/2017. Alterada em 05/07 às 21h42min

Brasil encara a Rússia na segunda rodada da fase final da Liga Mundial

Depois da primeira vitória sobre o Canadá, pelo Grupo J, a seleção brasileira masculina de vôlei volta a Arena da Baixada hoje para o segundo jogo pela fase final da Liga Mundial. A equipe comandada por Renan Dal Zotto terá a Rússia como segundo adversário na competição, na qual busca o décimo título. O confronto será às 15h05min, na estrutura montada no estádio do Atlético-PR, em Curitiba.
Na partida de estreia na fase final, a seleção contou com o apoio de aproximadamente 10 mil torcedores para bater os canadenses por 3 sets a 1 (25/21, 17/25, 25/19 e 25/19). Atento às qualidades da Rússia, Dal Zotto destaca que a equipe precisará de um bom desempenho para garantir a segunda vitória. "A Rússia faz um jogo muito focado na força física tanto no saque, como no ataque e precisamos ser fortes no bloqueio, além de ser muito pacientes também. Não enfrentamos o time deles na fase classificatória, diferente do Canadá, contra quem estreamos e já havíamos jogado e vencido", analisou o treinador.
Ontem, após perder para o Brasil, o Canadá surpreendeu e conquistou a reabilitação com uma vitória sobre a Rússia por 3 sets a 0, com parciais de 25/23 e 29/27 e 25/17.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia