Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 04 de julho de 2017. Atualizado às 07h53.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Libertadores

Notícia da edição impressa de 04/07/2017. Alterada em 04/07 às 07h55min

Grêmio quer dar fim à 'maldição das oitavas'

Jogadores treinaram no Centro de Treinamentos do Godoy Cruz nesta segunda-feira

Jogadores treinaram no Centro de Treinamentos do Godoy Cruz nesta segunda-feira


LUCAS UEBEL/LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/DIVULGAÇÃO/JC
A última vez que o Grêmio conseguiu avançar às quartas de final da Copa Libertadores da América foi em 2009, ao superar o peruano Universidad San Martin. Depois disso, foram três eliminações nas oitavas. Os carrascos foram Universidad Católica do Chile (2011), San Lorenzo (2014) e Rosario Central (2016). Agora, mais um argentino atravessa o caminho tricolor. Desta vez, é o Godoy Cruz. Hoje, às 19h15min, os comandados de Renato Portaluppi entram em campo na partida de ida, em Mendoza, tentando dar fim à "maldição das oitavas".
O Tricolor não tem mistérios para encarar os argentinos. Após a derrota dos reservas para o Palmeiras pelo Campeonato Brasileiro, Portaluppi confirmou que a equipe será a mesma que goleou o Atlético-PR, pela Copa do Brasil. O time terá Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Cortez; Michel, Arthur, Ramiro, Luan e Pedro Rocha; Lucas Barrios.
O único treino em solo argentino foi realizado ontem no CT do adversário. O time gaúcho não realizou o reconhecimento do palco do confronto, devido às más condições do gramado do estádio Malvinas Argentinas. As novidades na movimentação foram o lateral-esquerdo Marcelo Oliveira e o atacante Miller Bolaños. Eles ficarão à disposição para a partida desta noite.
O Godoy Cruz não é uma equipe tradicional do futebol argentino. O clube de Mendoza está pela primeira vez disputando as oitavas de final do torneio continental. Esta é apenas a terceira participação da equipe na Libertadores. As outras foram em 2011 e 2012. Uma das principais forças do clube é a fanática torcida.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia