Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 03 de julho de 2017. Atualizado às 12h41.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Série B

Notícia da edição impressa de 03/07/2017. Alterada em 02/07 às 22h02min

Derrota e apatia no Beira-Rio

Há pelo menos um ano, o torcedor colorado que vai ao Beira-Rio não acompanha uma vitória fácil da sua equipe. Pior: na Série B do Campeonato Brasileiro, tirando a vitória sobre o lanterna Náutico, o Inter não conseguiu superar nenhuma outra equipe jogando em casa. No sábado, os comandados de Guto Ferreira deixaram seus nomes marcados em mais um fiasco na história recente do clube. Sem criar um lance de perigo a gol, o Inter perdeu por 1 a 0 para o Boa Esporte, deixando o G-4 da competição.
O mais curioso é que o Colorado tem a melhor campanha como visitante, mas, dentro de casa, não consegue se impôr. Na partida de sábado, em que Guto conheceu sua primeira derrota à frente da equipe, quem esperava o clube mineiro recuado se enganou. A primeira grande chance do Boa foi na cobrança de falta de Fellipe Matheus, mas Danilo Fernandes salvou.
Na etapa final, os visitantes surpreenderam ainda mais. Aos seis minutos, após boa troca de passes pelo meio, Ramon deixou Diones na cara do gol, que bateu firme na entrada da área e abriu o placar. O gol poderia mexer com os brios colorados, mas ocorreu o contrário: o time ficou ainda mais nervoso e seguiu sem produzir nada. Nem a expulsão do zagueiro Júlio Santos, aos 37 minutos, ajudou.
Depois do apito final, vaias e muitos protestos fora do estádio. Os seguranças não impediram a ação dos manifestantes, que só aliviaram após a ação da Brigada Militar, com uso de tiros de borracha e gás de pimenta. O Colorado terá mais uma semana cheia de treinos até o jogo com o Criciúma, sábado, novamente no Beira-Rio.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Dorian R. Bueno 03/07/2017 12h03min
O INTER DO GORDIOLA TREINOU TANTO QUE O FUTEBOL SUMIU !!!nQuem sabe nesta nova semana, antes do jogo contra o embalado Criciúma do competente Luis Carlos Winck, o Gordiola poderia treinar os Colorados contra os times do interior do Rio Grande do Sul, para tentar jogar como os adversários, já que os atletas do Internaional, não sabem fazer isto nem em treino. Já está ficando escancarado na Série B que o time que vier visitar, conhecer e jogar no gramado do BEIRA-RIO, quase sempre deixará a sua marca através de EMPATES e VITÓRIAS no lombo do Internacional e da sua enorme TORCIDA. Todos os times que vierem jogar dentro do BEIRA-RIO irão jogar como o CORINTHIANS líder da Série A, como o 10º colocado da Série B, no caso o Mineiro DE BOA ESPORTE que venceu e entrou para a história. Eles aprenderam jogar fora das suas CASAS, já conhece os nossos atletas, o que podem e não render durante uma partida, mas parece que os do COLORADO não conhecem os adversários. Abs. Dorian Bueno