Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 27 de julho de 2017. Atualizado às 22h18.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Energia

Alterada em 27/07 às 22h20min

Presidente da Eletrobras diz ser favorável à descotização de usinas

O presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Junior, afirmou ser favorável à "descotização" das usinas mais antigas por ser mais uma alternativa que a companhia não tem à disposição atualmente. O executivo defendeu que esse processo pode trazer um valor positivo para a companhia, mas ponderou que isso terá que ser avaliado futuramente.
"Hoje a única opção que a Eletrobras tem é ser eficiente para ter o seu custo operacional menor que a receita da cota. Com a descotização, pode ter uma alternativa adicional", afirmou a jornalistas após evento promovido pela FGV Energia, no Rio. Ferreira Junior destacou que a empresa está focada atualmente em reduzir os seus custos para não perder com a cota.
"Para nós que hoje temos cotas com custo operacional maior do que a receita das cotas passaremos a ter uma opção que não tínhamos", disse.
A estatal está em processo de reestruturação para ter um custo compatível com a cota. "Hoje o nosso custo operacional é da ordem de 40% maior do que o que é remunerado".
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia