Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 26 de julho de 2017. Atualizado às 10h13.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

26/07/2017 - 10h13min. Alterada em 26/07 às 10h13min

Bolsa de Mumbai fecha em novo patamar recorde com aumento de capital externo

A principal bolsa da Índia, a de Mumbai, fechou em novo patamar recorde nesta quarta-feira, em meio a ingressos maiores de capital externo e expectativas de que o banco central do país voltará a cortar juros na semana que vem.
O S&P BSE Sensex, que reúne as ações mais negociadas em Mumbai, subiu 0,48%, encerrando o pregão no nível inédito de 32.382,46 pontos. No ano, o índice acumula valorização de cerca de 22%.
Investidores estrangeiros, que detêm cerca de um quarto do índice, já aplicaram cerca de US$ 1,8 bilhão em julho, ampliando o total acumulado em 2017 a US$ 8,5 bilhões.
Destacaram-se em alta hoje a siderúrgica Tata Steel (+2,2%), o ICICI Bank (+2,1%) e a Reliance Industries (+1,2%). 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia