Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 25 de julho de 2017. Atualizado às 16h58.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Conjuntura Internacional

25/07/2017 - 15h18min. Alterada em 25/07 às 17h00min

Crise política é risco significativo na Venezuela, que deve recuar 12%, diz FMI

O Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê que a economia da Venezuela encolha 12% neste ano. Antes, o Fundo havia calculado que o Produto Interno Bruto (PIB) recuaria 7%.
"Esta crise política representa riscos de baixa significativa para o crescimento, caso ela piore mais ou se prolongue por um período longo", afirmou o FMI. O organismo adverte para o disparo da inflação, o colapso da moeda local, o bolívar, e a crescente probabilidade de uma crise humanitária que pode levar a um grande êxodo de venezuelanos para países vizinhos. Os dados do FMI são uma das poucas maneiras de avaliar a economia da Venezuela, onde o governo deixou de publicar dados básicos sobre a economia em 2015. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia