Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 18 de julho de 2017. Atualizado às 11h34.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

indústria

Alterada em 18/07 às 11h38min

Compras de aço pela rede de distribuição cai 7,8% em junho

As compras de aço pela rede de distribuição em junho somou 229,6 mil toneladas, queda de 7,8% em relação ao observado no mesmo mês do ano passado, de acordo com dados do Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (Inda). Na comparação com maio o recuo foi de 0,8%. Esse levantamento inclui chapas grossas, laminados a quente, laminados a frio, chapas zincadas a quente, chapas eletro-galvanizadas, chapas pré-pintadas e galvalume.
Já as vendas de aço pela rede caiu 14,7% ante junho de 2016 para 223,2 mil toneladas. Em relação ao mês imediatamente anterior a retração foi de 7,4%.
Com esse desempenho, os estoques da rede subiram 0,7% ante maio para 955,9 mil toneladas. O giro de estoques também cresceu para 4,3 meses.
As importações realizadas pela rede de distribuição de aço somaram em junho 102,4 mil toneladas, recuo de 8,5% ante maio, mas um aumento de 254,2% em relação ao mesmo período do ano passado.
Para julho, a expectativa da rede associada ao Inda é de estabilidade das compras em relação a junho e um aumento de 2% nas vendas.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia