Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 17 de julho de 2017. Atualizado às 22h46.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Conjuntura

Notícia da edição impressa de 18/07/2017. Alterada em 17/07 às 21h36min

IFI prevê novo déficit do Governo Central em junho

A Instituição Fiscal Independente (IFI) do Senado Federal previu, ontem, que as contas do Governo Central em junho terão um déficit em torno de R$ 20 bilhões. Essa é a primeira prévia que a IFI divulga e a ideia é que as estimativas sejam divulgadas todos os meses pela instituição, que acompanha a política fiscal brasileira. O rombo nas contas do governo de junho acontece após o governo registrar déficit também muito elevado em maio, de R$ 29 bilhões.
A IFI faz as suas projeções com base em dados preliminares extraídos do Siga Brasil, sistema desenvolvido pelo Senado. Segundo o diretor-adjunto da IFI, Gabriel Leal de Barros, o resultado será novamente impactado pela antecipação do calendário de pagamento dos precatórios para o primeiro semestre. Em anos anteriores, essa antecipação ocorreu no segundo semestre. A IFI identificou gasto de cerca de R$ 8 bilhões em junho. Os demais itens do gasto obrigatório da União, com exceção de abono e seguro-desemprego, manterão sua trajetória ascendente, de acordo com a IFI.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia