Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 10 de julho de 2017. Atualizado às 22h58.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

LOGÍSTICA

Notícia da edição impressa de 11/07/2017. Alterada em 10/07 às 21h39min

Fluxo de veículos nas estradasbrasileiras sobe 1,5% em junho

O fluxo de veículos nas estradas pedagiadas do Brasil cresceu 1,5% em junho na comparação com maio, já descontada a influência sazonal, segundo o índice de atividade da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR) e Tendências Consultoria integrada. Na mesma base de comparação, o tráfego de veículos leves cresceu também 1,5% e o de pesados recuou 0,7%.
No fechamento do primeiro semestre, o tráfego de veículos cresceu 0,3% na comparação com os primeiros seis meses de 2017. A movimentação dos leves no período avançou 1,1% e o fluxo dos pesados declinou 2,1%. Para a economista e sócia da Tendências, Alessandra Ribeiro, o desempenho do fluxo de veículos reflete o momento macroeconômico do País, especialmente com a continuidade do afrouxamento monetário e a acomodação da inflação em patamares mais baixos. "A dinâmica de melhora deve seguir no próximo semestre", prevê. Na comparação de junho deste ano com o mesmo mês do ano passado, o fluxo total de veículos nas estradas pedagiadas cresceu 5,1%. O tráfego de leves cresceu 7,1% e o dos pesados recuou 0,8%. Nos últimos 12 meses, o fluxo total de veículos acumula queda 1,9%, o dos leves soma baixa de 1% e o de pesados declinou 4,7% no mesmo período.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia