Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 14 de julho de 2017. Atualizado às 13h17.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Palavra do Leitor

Notícia da edição impressa de 14/07/2017. Alterada em 13/07 às 18h55min

Governo Temer

Sei que vão me crucificar. No entanto, mesmo com todos os defeitos e denúncias sobre ele, acredito que o presidente Michel Temer (PMDB) será reconhecido, em 10 ou 20 anos, pelas reformas que tem feito, como o teto dos gastos, a trabalhista e a da Previdência, se aprovada. Eram necessárias, e governos pós-Temer e os brasileiros em geral vão reconhecer os bons resultados. (Luiza Franco, Viamão/RS)
Limpeza urbana
Tenho visto equipes a serviço da prefeitura fazendo capina e varrição em ruas e avenidas da Capital. Isso é bom e evita entupimentos da rede de escoamento pluvial, com as chuvaradas seguidas na cidade. (Telmo Cerqueira)
Cadernos do JC
O Jornal do Comércio tem cadernos especializados em vários setores e de muita qualidade. Por isso, gosto muito de lê-lo e julgo que é um periódico completo, com uma orientação firme, conhecida e seguida desde a fundação. Agora, com uma página na internet e a inovação do GeraçãoE, está ainda melhor. (Nélio Paranhos, Porto Alegre)
Filmes
Hoje em dia, é só filme com máquinas que namoram, lutam e pensam como humanos. Ou "feras" que conquistam meninas adolescentes. Um besteirol só nos cinemas. (Marcelo Gomes, Porto Alegre)
Arena do Grêmio
No último sábado estive, pela terceira vez, na Arena do Grêmio. Desta vez, para providenciar o registro biométrico da minha filha, sócia do clube. E pela terceira vez presenciei uma lição de desrespeito, desorganização e falta de consideração. A desinformação dos funcionários é constrangedora. É quase impossível ser informado sobre o lugar correto de atendimento. Percorremos por três vezes todo o entorno do estádio, esforço a que muitos visitantes e associados foram obrigados a cumprir. Com distâncias tão grandes, é incrível que os funcionários sequer estejam equipados com rádios intercomunicadores. (Gilberto Jasper, jornalista, Porto Alegre)
Futebol
Os jogadores tornaram o campeonato complicado para o Internacional. Logo começaram sentir na própria pele as feridas que foram abertas por lesões, desfalques e derrotas. Os atletas precisarão buscar dentro das suas famílias um novo ânimo para tentar encontrar o padrão de jogo vencedor. (Dorian R. Bueno)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Dorian R. Bueno 14/07/2017 11h13min
A LETRA C ESTÁ PERSEGUINDO O INTERNACIONAL !!!nnEsta letra C de camisa Colorada está perseguindo o nosso time, mas ainda bem que estamos conseguindo superar ela dentro do campo nesta disputada Série B. Sábado passado mesmo dentro do Beira-Rio, os jogadores tiveram muita dificuldade no enfrentamento contra o time do Criciúma, que até aos 48min estava vencendo o jogo. Ainda bem que o nosso zagueiro alemão Kraus, foi lá na área deles e de cabeça empatou o jogo em 1x1, escapamos por pouco de algo pior. Terça-feira foi à vez do time do Ceará, que mesmo dentro do estádio Castelão, tentou nos vencer, mas não consegui. Em 20minutos os nossos atacantes Colorados Willam Pottker e Nico López fizeram os seus GOLS, e conseguimos manter este escore de 2x0 até o final, que maravilha. Amanhã, sábado às 16hs30min o time do Internacional vai ter que enfrentar o último representante desta disputa contra os times da letra C . Que venha agora o CRB de Maceió, para testar o nosso entrosado time Colorado que também está muito a fim de entrar no G4. Abs. Dorian Bueno Google + Plus, POA, 14.07.2017n n