Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 13 de julho de 2017. Atualizado às 00h06.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Palavra do Leitor

Notícia da edição impressa de 13/07/2017. Alterada em 12/07 às 20h02min

Imposto sindical

Acabou o imposto sindical, a regra mais funesta do sindicalismo brasileiro. Regra que atrelou o sindicalismo aos governos. Que criou gerações de pelegos desonestos. Que afastou os sindicatos das categorias profissionais. Agora, para continuar existindo, os sindicatos terão de, efetivamente, representar sua categoria. (Carlos Marchi)
Presidente interino
Com a viagem do presidente Michel Temer (PMDB) para ser fotografado na reunião do G-20, deveria assumir o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), que, todavia, preferiu viajar para Buenos Aires. Terceiro na ordem, o senador Eunício Oliveira (PMDB) assumiu a presidência. Só faltou escalar o quarto na ordem de sucessão, a presidente do Supremo Tribunal Federal (ministra Carmen Lúcia). Estaria assim fechado o circuito. Estas figuras indo para fora do País, quem sabe levariam os problemas do Brasil. O povo trabalhador e honesto deste País está chegando no limite da tolerância e paciência, a casa pode ruir! (Gentil T. Pompermayer, Bento Gonçalves/RS)
Ideologia
Muito interessante assistir a minissérie da tevê "Os dias eram assim". Tanta ideologia para termos estes políticos que temos hoje, todos eleitos pelo povo brasileiro. Muitos ainda continuam brigando e tendo ideologia partidária ou sistema de governo. Que piada, imagino daqui a 30 anos assistirmos o que resultou do nosso atual momento! (Vladimir Fraga Gomes, São Borja/RS)
Cuba
Quero contestar a carta do leitor Rafael Alberti Cesa, de Caxias do Sul (Jornal do Comércio, 22/06/2017). Esse leitor talvez não saiba do acordo histórico que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, fez com Cuba acabando com o bloqueio de 52 anos à ilha de Fidel Castro. Ele sabe que o acordo que ele chama de espúrio foi efetuado com a chancela do Papa Francisco, da União Europeia, da OEA e outros países? Espúrio era o governo do ditador Fulgencio Baptista, que transformou a ilha num bordel para os norte-americanos. Quem tiver dúvidas, veja o filme O Poderoso Chefão - Parte II - ali está retratado o que era Cuba antes da revolução. (Antônio Roque Vanti Fávero, Porto Alegre)
Senado
Dirão logo que é ideia machista, mas a insubordinação das senadoras ocupando a Mesa Diretora do Senado não condiz com a imagem que nós, homens, fazemos delas, mulheres. Havia outras maneiras de protestar. E o que fizeram só desgastou o trabalho das senadoras, sem resolver nada. A reforma trabalhista foi aprovada. (Nicanor Leite, Porto Alegre)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia