Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 02 de julho de 2017. Atualizado às 22h45.

Jornal do Comércio

Colunas

CORRIGIR
Fernando Albrecht

Começo de Conversa

Notícia da edição impressa de 03/07/2017. Alterada em 02/07 às 22h34min

Andando na linha

MARCO QUINTANA/JC
A EPTC está repintando faixas de segurança e outras sinalizações viárias acrescendo uma novidade na Capital, pintura de faixas demarcatórias para veículos em esquinas em que geralmente há conflitos de trânsito e emperramento do fluxo, porque todos querem preservar o seu espaço. É o caso do cruzamento da rua Santo Antônio com a avenida Osvaldo Aranha. O sistema vem funcionando bem.

Vendas em alta

Com o mercado de venda de televisores aquecido no Sul, a LG Eletronics do Brasil traz amanhã a Porto Alegre dois grandes executivos da marca para apresentar a nova linha de televisores Ultra HD e Super Ultra HD 4K. O encontro será em almoço no restaurante Le Bistrot.

Nozes e câncer

No Encontro Anual da Sociedade Americana de Oncologia, o oncologista Christian Sudmöller, da Oncoclínica Porto Alegre, conta que um dos trabalhos apresentados foi sobre como o consumo regular e constante de nozes por quem já teve câncer de intestino ajuda a diminuir as chances de a doença voltar.

O mestrado de Marcel

O deputado estadual Marcel van Hattem (PP) se tornou mestre em jornalismo pela Universidade de Amsterdã, Holanda. Com a apresentação da sua dissertação Enquadramento de Mídia no Brasil, com fulcro nas cinco manifestações contra a presidente Dilma Rousseff (PT), Van Hattem encerra o curso de mestrado em Jornalismo, Mídia e Globalização, com especialização em Mídia e Política.

Na marra

A greve de sexta-feira provou mais uma vez que este tipo de protesto nunca repete o sucesso da primeira. Com ações truculentas é fácil impedir a circulação de ônibus, mas com ameaça de corte de ponto, os motoristas não estavam muito dispostos a encarar mais uma. Como da outra vez, quem participou dos atos foram militantes de esquerda e sindicalistas. Do povo mesmo, nem sinal.

Por falar em ponto...

...se os governadores e prefeitos anunciassem previamente o corte do ponto e o cumprisse - como prevê legislação federal sancionada no início do ano, o número de grevistas cairia drasticamente. Como já disse o ex-presidente Lula (PT), greve sem corte de ponto não é greve, é festa.

Convivência com o crime I

Morar perto do QG do crime e receber a proteção dos traficantes é uma boa ou não? As notas publicadas pela página seguem atraindo comentários. Um leitor lembra que a Vila Bom Jesus "sempre foi lugar tranquilo para se morar", pelo mesmo motivo: o tráfico garantia a segurança, pelo menos contra assaltos e demais delitos do tipo.

Convivência com o crime II

Mas foi só estourar uma grande disputa por ponto de drogas que os tiroteios foram constantes do final de 2015 ao final de 2016, aduz o leitor. Quem antes chegava de madrugada tranquilo, por ruas próximas à Protásio Alves, se viu, muitas vezes, obrigado a levantar a camisa para provar aos traficantes que não se tratava de invasor no local.

Os invulneráveis

Há anos funcionários graduados de uma estatal participaram de uma greve. No dia seguinte, foram chamados pelo diretor. Ao recebê-los, entregou a cada um uma carta de demissão. A estupefação foi geral, porque eram todos sindicalistas. Procurem seus direitos, disse o diretor. E arrematou: "É só para mostrar que vocês não são à prova de bala".

Miúdas

  • COMO de hábito, grevistas queixaram-se da violência da Brigada Militar. Quem planta ventos, colhe tempestades, ora.
  • LANÇADA obra "Temas de Direito de Comunicação na Jurisprudência do STF". Abrange todo o espectro da comunicação.
  • É RARO ver um japonês obeso nas ruas. Alimentação a base de sushi e arroz pode ser explicação.
  • OUTRA coisa que chama a atenção por lá é como o povo é metódico e atencioso com o turista. Matéria com impressões sobre o país está na página 12.

Finais

  • BRDE abre inscrições para pedidos de apoio via Leis de Incentivo Fiscal para projetos sociais, culturais e esportivos.
  • REDE Plaza de Hotéis assume a administração das pousadas Arraial do Ouro, Canto da Vigia e Ponta do Lobo, todas em Santa Catarina.
  • PROJETO Conversa em Família do Colégio Santa Inês terá sequência amanhã a partir das 19h.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia