Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 22 de junho de 2017. Atualizado às 17h04.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

justiça

22/06/2017 - 14h36min. Alterada em 22/06 às 17h07min

Justiça determina prisão de presidente da Câmara de Vereadores de São Leopoldo

Edite Rodrigues Lisboa em ação da Câmara dos vereadores de São Leopoldo

Edite Rodrigues Lisboa em ação da Câmara dos vereadores de São Leopoldo


Câmara de vereadores São Leopoldo/ Divulgação/jc
A Justiça determinou nesta quarta-feira (21) a prisão do presidente da Câmara de Vereadores de São Leopoldo, Edite Rodrigues Lisboa, conhecida como Cigana. A prisão, pedida pelo Ministério Público, foi determinada após o recebimento de informações de que ela estaria tentando coagir testemunhas do processo em que responde desde que foi denunciada pelo MP Eleitoral em outubro do ano passado. 
Edite e a servidora pública municipal Rozelaine Pereira foram denunciadas por compra de votos. Conforme a denúncia, do promotor de Justiça Eleitoral Sérgio Luiz Rodrigues, o crime ocorreu durante a campanha eleitoral, em setembro, na Unidade Básica de Saúde Padre Orestes. Rozelaine, que era chefe da UBS, entregou santinhos da candidata Cigana para pacientes que procuravam atendimento médico. A entrega era acompanhada da promessa de que, se o eleitor votasse em Cigana, haveria atendimento preferencial.
Em cumprimento de mandado de busca e apreensão deferido pela Justiça Eleitoral, em 21 de setembro do ano passado, foram apreendidos 34 panfletos da candidatura de “Cigana”, que estavam na gaveta do balcão de atendimento do posto de saúde. Ela foi eleita com 3.380 votos, a mais votada do pleito.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia