Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 26 de junho de 2017. Atualizado às 23h36.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Reino Unido

Notícia da edição impressa de 27/06/2017. Alterada em 26/06 às 19h50min

May fecha acordo e terá maioria para formar governo

A premiê britânica, Theresa May, chegou ontem a um acordo com o aliado norte-irlandês DUP (Partido Unionista Democrático) para o apoio a seu novo governo de minoria, em troca de um repasse extra de mais R$ 4,2 bilhões à Irlanda do Norte nos próximos dois anos. Havia uma verba já garantida de metade desse valor. O dinheiro será investido em hospitais, escolas e estradas.
A contrapartida imediata do DUP será votar a favor das propostas feitas pela primeira-ministra na semana passada para o ano legislativo, permitindo o início do governo. Havia bastante expectativa quanto à finalização do acordo. Sem ele, May teria que liderar o Reino Unido sem a maioria legislativa, cenário considerado instável.
O Partido Conservador, da premiê, sofreu um importante revés nas eleições gerais de 8 de junho, recebendo apenas 318 cadeiras em uma casa de 650 - eles tinham 330 antes. Seriam necessárias 326 para poder governar sozinhos. A conservadora terá, agora, o apoio dos 10 legisladores do DUP.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia