Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 30 de junho de 2017. Atualizado às 18h19.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

Alterada em 30/06 às 18h23min

Bolsas de Nova Iorque registram melhor semestre em anos

O índice Dow Jones, negociado  New York Stock Exchange, fechou em alta de 0,29%, em 21.349,63 pontos

O índice Dow Jones, negociado New York Stock Exchange, fechou em alta de 0,29%, em 21.349,63 pontos


SPENCER PLATT/GETTY IMAGES/AFP/JC
As bolsas de Nova Iorque fecharam na maioria com ganhos nesta sexta-feira (30), embora o índice Nasdaq tenha perdido fôlego no fim do pregão e recuado levemente. Além disso, Wall Street registrou seu melhor semestre em vários anos.
O índice Dow Jones fechou em alta de 0,29%, em 21.349,63 pontos, o Nasdaq recuou 0,06%, para 6.140,42 pontos, e o S&P 500 teve ganho de 0,15%, chegando aos 2.423,41 pontos. Na comparação semanal, o Dow Jones caiu 0,21%, o Nasdaq recuou 1,99% e o S&P 500 teve baixa de 0,61%.
O S&P 500 subiu 0,5% no mês e avançou 2,6% no segundo trimestre. Em todo o primeiro semestre, o índice teve ganho de 8,2%, sua melhor performance semestral desde 2013. O Dow Jones subiu 1,6% no mês, 3,3% no semestre e 8% ao longo do primeiro semestre. O Nasdaq, por sua vez, caiu 0,9% no mês, diante de ondas de vendas recentes em ações do setor de tecnologia. Em todo o semestre, porém, o Nasdaq subiu 14,1%, seu melhor desempenho na primeira metade do ano desde 2009.
O Nasdaq passou a perder fôlego em 9 de junho, um dia após registrar máxima recorde, com investidores preocupados com as fortes valorizações do setor de tecnologia. Desde então, papéis do setor têm sofrido em alguns pregões com essa correção.
Hoje, a volatilidade foi fruto também de ajustes de posições no fim do trimestre. Além disso, investidores se posicionaram para a próxima semana, que terá o feriado de 4 de julho nos EUA, com pregão abreviado na segunda-feira e sem bolsas na terça-feira. O setor industrial se fortaleceu perto do fim do pregão em Nova York, após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinar um decreto que reativa o Conselho Nacional Espacial. Na reta final, porém, ainda houve tempo para uma perda de fôlego nos índices acionários.
Entre as ações em foco hoje, Boeing subiu 0,15% e United Technologies teve ganho de 0,38%, em jornada positiva para o setor industrial em geral.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia