Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 26 de junho de 2017. Atualizado às 23h25.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Negócios Corporativos

Notícia da edição impressa de 27/06/2017. Alterada em 26/06 às 21h19min

J&F e Cambuhy assinam acordo sobre vendada Alpargatas

A Alpargatas informou ontem, em fato relevante, que a sua controladora, a J&F Investimentos, celebrou um acordo de confidencialidade envolvendo uma possível transação para a venda da totalidade das ações que detêm na empresa para a Cambuhy Investimentos, que tem entre seus sócios a família Moreira Salles. A J&F e a Alpargatas disseram que manterão os acionistas e o mercado informados sobre o andamento das negociações.
A Itaúsa também anunciou ontem que tem interesse em participar do processo de aquisição da Alpargatas liderado pela Cambuhy Investimentos. Em comunicado ao mercado, a Itaúsa afirma que o objetivo é adquirir 50% da participação da J&F na Alpargatas, e firmar um acordo de gestão compartilhada com a Cambuhy. A companhia de investimentos ressalta que não houve celebração de qualquer contrato firmado, e que comunicará a assinatura de qualquer documento vinculativo relacionado à operação.
Após delação premiada dos irmãos Joesley e Wesley Batista, controladores da J&F, o grupo colocou em andamento um processo de desinvestimentos. A meta é conseguir R$ 6 bilhões em recursos. O acordo de leniência entre a J&F e a Procuradoria-Geral da República totaliza R$ 10,3 bilhões.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia