Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 22 de junho de 2017. Atualizado às 08h21.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

Alterada em 22/06 às 08h27min

Bolsas da Ásia fecham sem sinal único, com Xangai em queda, mas alta em Taiwan

As bolsas asiáticas fecharam sem sinal único, nesta quinta-feira (22). Na China, a Bolsa de Xangai operou em alta boa parte do dia, mas perdeu fôlego e reverteu o sinal no fim do pregão, com novos temores sobre o setor financeiro, o que também provocou um fechamento negativo em Hong Kong.
Na China, a Bolsa de Xangai fechou em queda de 0,28%, em 3.147,45 pontos, e a Bolsa de Shenzhen, onde estão listadas ações de companhias menores e em geral que atraem posições mais especulativas, recuou 1,30%, em 1.948,34 pontos.
Em Hong Kong, o índice Hang Seng teve baixa de 0,08%, para 25.674,53 pontos. Neste caso, a fraqueza dos mercados chineses no fim do pregão também influiu. As bolsas chinesas foram afetadas pela cautela com o setor financeiro na hora final de negócios, o que interrompeu o sentimento positivo gerado pela inclusão de ações do país no índice MSCI, anunciada mais cedo nesta semana. O índice Hang Seng perdeu 180 pontos em pouco mais de uma hora.
Em Tóquio, o índice Nikkei fechou em queda de 0,14%, em 20.110,51 pontos. A valorização do iene durante o dia influiu, já que isso pressiona ações de exportadoras do Japão.
Na Bolsa de Taiwan, por outro lado, o índice Taiex fechou em alta de 0,5%, em 10.399,06 pontos. Com isso, o Taiex obteve nova máxima no fechamento em 27 anos, com ganhos pela sexta sessão consecutiva. O índice é bastante influenciado pelo setor de tecnologia.
Na Coreia do Sul, o índice Kospi subiu 0,54%, a 2.370,37 pontos, em dia de ganhos para as ações da Samsung. Por outro lado, nas Filipinas o índice PSEi caiu 0,36%, a 7.858,34 pontos, na Bolsa de Manila.
Na Oceania, na Bolsa da Austrália o índice S&P/ASX 200 fechou com ganho de 0,7%, a 5.706,00 pontos, revertendo em parte o recuo da quarta-feira. Hoje, papéis de bancos se recuperaram. Além disso, ações de mineradoras tiveram sessão positiva.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia