Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 13 de junho de 2017. Atualizado às 18h56.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

trabalho

Alterada em 13/06 às 18h57min

Pelo Twitter, Meirelles diz que desemprego vai começar a cair em agosto

Agência O Globo
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, comentou em seu Twitter a reversão da trajetória de queda da taxa de desemprego em abril, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) há 13 dias, no fim de maio. Na ocasião, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) mostrou que a taxa de desemprego ficou em 13,6% em abril, primeiro arrefecimento desde novembro de 2014. O ministro garantiu que, a partir de agosto, a taxa deve começar a cair.
Ele afirmou que o país está saindo de uma recessão forte e que os efeitos dessa crise "não desaparecem do dia para a noite".
"Pela primeira vez em três anos, em abril o desemprego parou de subir. E a partir de agosto esta taxa deve começar a cair. Temos que levar em conta que estamos saindo da maior recessão da nossa história, que deixou 14 milhões de brasileiros sem emprego. Os efeitos de uma recessão tão forte quanto a dos últimos anos não desaparecem do dia para a noite", disse o ministro na rede social.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia