Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 09 de junho de 2017. Atualizado às 15h55.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

trabalho

Alterada em 09/06 às 16h01min

Com saques do FGTS, Caixa deve atender 7,5 milhões de trabalhadores no sábado

Para operacionalizar os saques, 2.015 agências da Caixa abrirão das 9h às 15h neste sábado

Para operacionalizar os saques, 2.015 agências da Caixa abrirão das 9h às 15h neste sábado


ANTONIO CRUZ/ABR/JC
A Caixa espera 7,5 milhões de trabalhadores neste sábado (10), para sacar os recursos das contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Ao todo, a Caixa espera pagar R$ 10,9 bilhões nesta etapa.
O banco antecipou o calendário da 4ª fase devido a proximidade da data prevista inicialmente (16 de junho) ao feriado de Corpus Christi. Este mês, trabalhadores nascido em setembro, outubro e novembro já estão aptos a sacar os recursos das contas inativas.
Para facilitar o atendimento nas agências, o trabalhador deve ter em mãos o documento de identificação e a Carteira de Trabalho e/ou o Termo de Rescisão de Contrato de Trabalho. Para valores acima de R$ 10 mil, é obrigatória a apresentação da Carteira de Trabalho.
Superintendente da Caixa Econômica Federal, Clayton Rosa, conta que nos primeiros dias do calendário o banco paga quase 80% do previsto para a fase, por isso as agências ficam cheias e o atendimento tende a ser mais demorado. "Quem puder esperar um pouco, não ir na primeira semana, é melhor", diz.
Para operacionalizar os saques, 2.015 agências da Caixa abrirão das 9h às 15h neste sábado. Já nos dias 12, 13 e 14 de junho, as agências abrirão duas horas mais cedo do que o habitual para atender os beneficiários.
Entre 10 de março e 02 de junho, a Caixa registrou o pagamento de R$ 27,6 bilhões relativos às contas inativas do FGTS, 95,2% do total inicialmente previsto no período (R$ 29,1 bilhões). Foram beneficiados 16,3 milhões de trabalhadores, 81% do total, segundo a Caixa.
Além das agências, para valores inferiores a R$ 3 mil, também a partir deste sábado, os trabalhadores da quarta fase têm outras opções de saque: até R$ 1,5 mil no autoatendimento com a senha do Cidadão; até R$ 3 mil no autoatendimento com o Cartão do Cidadão e senha; até R$ 3 mil nas lotéricas e correspondentes com a identificação, o Cartão do Cidadão e senha.
A partir de 14 de julho, será a vez dos trabalhadores nascidos em dezembro terem acesso ao saldo das contas inativas do FGTS. Serão 2,5 milhões de pessoas, 8,1% do total dos contemplados.
O prazo final para saque de todos os trabalhadores é 31 de julho Segundo o Superintendente da Caixa Econômica Federal, Clayton Rosa, 15% dos beneficiados ainda não retiram os recursos.
Os valores não sacados dentro deste prazo permanecerão nas contas do FGTS e poderão ser resgatados nos casos previstos na legislação do Fundo, como aquisição da casa própria e aposentadoria.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia