Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 06 de junho de 2017. Atualizado às 11h46.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

Alterada em 06/06 às 11h46min

Mesmo com exterior negativo e crise política, Bovespa inicia em alta

A Bovespa abriu em alta e renovou nesta terça-feira (6) a pontuação máxima, apesar do sinal negativo nas bolsas de Nova Iorque e na Europa. A valorização é sustentada pelas blue chips do setor financeiro e também pela Vale, que exibe alta moderada em um dia de fechamento positivo do minério de ferro.
Na mínima intraday, o Ibovespa registrou queda de 0,04% aos 62.426 pontos. Na máxima, alta de 0,53% aos 62.783 pontos. Em 30 dias, o Índice Bovespa acumula uma queda de quase 5%.
No radar, está o noticiário político e a votação da reforma Trabalhista na CAE do Senado. Sobre as perguntas feitas pela Polícia Federal ao presidente Michel Temer, o criminalista Antônio Cláudio Mariz de Oliveira afirmou que vai dizer nesta terça-feira, 6, por meio de petição ao ministro do STF Edson Fachin, que o prazo é muito curto. Mariz também afirmou que o presidente vai responder algumas perguntas. Outras, não. As respostas parciais só deverão ser devolvidas à PF no dia 12 - o ministro Fachin deu prazo de 24 horas para o presidente responder por escrito as indagações da polícia.
"O Ibovespa ainda pode terminar o dia no zero a zero em mais uma sessão de volume baixo", afirma um profissional de renda variável. Desde o dia 30 de maio, o giro financeiro tem sido bem inferior à média diária de maio - com exceção do último dia do mês passado. O baixo volume é justificado, segundo agentes do mercado de ações, à cautela do investidor em meio a tanta incerteza.
Às 11h14min, o Ibovespa subia 0,36% aos 62.671 pontos. As ações da Petrobras alternam-se entre altas e baixas. A valorização justifica-se numa percepção positiva da empresa após encontro da direção com investidores ontem. Nessa reunião, os executivos da empresa garantiram que trabalham para reduzir a alavancagem financeira e aumentar a governança corporativa, como destaca a corretora Elite em relatório.
A depreciação dos papéis da petroleira justifica-se pela desvalorização - ora mais forte, ora mais fraca - nos mercados futuros da ICE (Londres) e da Nymex (NY).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia