Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 06 de junho de 2017. Atualizado às 09h46.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

Alterada em 06/06 às 09h53min

Taxas futuras de juros recuam com ata do Copom

Os juros futuros recuam nesta terça-feira (6) reagindo à ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), considerada "branda" por alguns agentes do mercado.
Segundo o sócio-gestor da Leme Investimentos, Paulo Petrassi, a ata veio em linha com o comunicado. "E veio até mais branda, porque o mercado esperava uma ata mais sangrenta, mais pesada depois do comunicado", disse.
Para ele, no entanto, o espaço para fechamento da curva é limitado pela cautela antes do julgamento da chapa Dilma-Temer pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE)".
Às 9h30min, o DI para janeiro de 2018 estava em 9,325%, de 9,420% no ajuste de segunda. O DI para janeiro de 2019 estava em 9,47%, de 9,56%. Já o DI para janeiro de 2021 exibia 10,51%, de 10,61% no ajuste da véspera.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia