Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 08 de junho de 2017. Atualizado às 16h06.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

08/06/2017 - 15h36min. Alterada em 08/06 às 16h09min

Ouro fecha em queda em Nova Iorque, pressionado pelo dólar mais forte

O ouro fechou em baixa nesta quinta-feira, pressionado pelo dólar mais forte. O contrato enfrenta um patamar de resistência, mantendo-se abaixo de US$ 1.300 a onça-troy.
O ouro para entrega em agosto fechou em queda de US$ 13,70 (1,06%), a US$ 1.279,50 a onça-troy, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).
O dólar ganhou força ante algumas moedas de países desenvolvidos, como o iene e o euro, e também ante algumas divisas emergentes e commodities. No caso de valorização do dólar, o ouro, cotado nesta divisa, fica mais caro para os detentores de outras moedas, o que reduz o apetite dos investidores.
O dia foi marcado por incertezas para os investidores, que monitoraram a decisão de política monetária do Banco Central Europeu (BCE), a eleição geral do Reino Unido e o depoimento ao Senado americano de James Comey, ex-diretor do FBI. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia