Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 23 de junho de 2017. Atualizado às 20h28.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Affonso Ritter

Observador

Notícia da edição impressa de 23/06/2017. Alterada em 22/06 às 21h09min

O crédito sustentável

O Sistema Unicred RS está colocando à disposição dos seus cooperados, a partir deste mês, o Crédito Sustentável. Trata-se de uma linha de financiamento com juros especiais para a aquisição de equipamentos de energia solar fotovoltaicos em residências, tais como estrutura de painéis, placas solares e até medidores de energia. A maioria destes equipamentos é comercializada em pacotes completos no mercado. Segundo o presidente da Unicred Central RS, Paulo Barcellos, a partir da instalação do equipamento e da autorização de energia elétrica, pela concessionária, o cooperado terá considerável redução em sua conta de luz, já que estará gerando sua própria energia, com possibilidade inclusive de pagar apenas a taxa mínima.
Sem burocracia
Adquirir o Crédito Sustentável é fácil e sem burocracia. Basta apresentar o orçamento do equipamento para o gerente de Relacionamento da Unicred, que fará a análise do pedido e a posterior liberação do crédito na conta do cooperado. Este crédito poderá ser usado também para energias eólica, hidráulica e geotérmica,
A sucessão rural
O especialista em sucessão de empresa rural José Ney Vinhas, diretor da Safras e Cifras, palestrará nesta sexta-feira para associados da Ascribu, entidade dos criadores de búfalos, sobre Gestão Estratégica para o Grupo Familiar. Com destaque para o planejamento sucessório sob o ponto de vista da família, negócio e patrimônio.
Inovação robótica
A gaúcha Qualitor levou à Conferência & Expo Internacional HDI Brasil, que se encerra nesta sexta-feira em São Paulo melhorias em seu software para gestão de atendimento. Elas incluem automatização de tarefas rotineiras em robôs, reduzindo em até 40% os custos das empresas e liberando pessoas para outras tarefas.
O Sinplast no Parcão
0 Sinplast leva neste sábado a Turma dos Rs - os personagens Reciclito e Rafael - para atividades educativas no Parcão, em Porto Alegre por volta do meio-dia. Entre elas, a esquete teatral Reciclito e a Natureza para ensinar a separação do lixo, a reciclabilidade do plástico e os cuidados com o meio ambiente.
Primeiro elevador sem cabos do mundo
A Thyssenkrupp anunciou mundialmente nesta quinta-feira a primeira operação do Multi, primeiro elevador sem cabos do mundo e que se move para os lados. Foi na torre de testes em Rottweil, Alemanha, que fica a 246 metros de altura, e construída especialmente para o Multi. O lançamento mundial, que transforma a indústria de elevadores, trazendo novas possibilidades para os edifícios e o planejamento urbano das cidades, marca também o anúncio do primeiro contrato do Multi com a OVG Real Estate, que será instalado em um novo empreendimento em Berlim. O fato é marcante nos mais de 160 anos após a chegada do elevador convencional.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Francisco Berta Canibal 23/06/2017 10h14min
Tenho a impressão que os criadores de gado do Rio Grande do Sul continuam com a resistência de atuarem como na idade da pedra. Vacinar gado é como jogar dinheiro fora, Sem rastriabilidade e com vacina aftosa é s mesma coisa ser contra seus próprios interesses. Está aí o resultado, não podem mais considerar as orientações do Brasil Central, lá a carne produzida ainda está longe de se ter a possibilidade de determinados controles, dado o tamanho dos rebanhos, manejo e cond cilma etc...