Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 29 de maio de 2017. Atualizado às 17h51.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

investigação

Alterada em 29/05 às 17h55min

Vaccari e outros 13 viram réus em ação por desvios nos fundos de pensão

O ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, condenado por corrupção na Lava Jato, virou réu, mais uma vez, no âmbito da Operação Greenfield, por decisão do juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília. Além do petista, também são alvo da ação outras 13 pessoas - entre elas, diretores do Funcef - fundo de pensão dos funcionários da Caixa Econômica Federal.
"Conforme descrito pela acusação, o valor do prejuízo acumulado com essa operação criminosa, até 13 de julho de 2015, é de, no mínimo, R$ 402.000.000,00 (quatrocentos e dois milhões de reais)", afirma o juiz federal.
Vaccari já foi condenado a nove anos de prisão em uma ação e a 15 anos em outro processo - ambas as sentenças proferidas pelo Juiz Federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia