Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 17 de maio de 2017. Atualizado às 16h05.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Operação Lava Jato

Alterada em 17/05 às 16h06min

Lula contrata advogado que trabalha com Sergio Moro em universidade do Paraná

Agência O Globo
A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem agora um novo advogado para atuar em Curitiba. Trata-se de Manoel Caetano Ferreira Filho, que foi juiz do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná e é professor de direito processual civil.
Ferreira Filho leciona na Universidade Federal do Paraná, assim como o juiz Sergio Moro, responsável pelas ações da Operação Lava-Jato em primeira instância, em Curitiba. Moro leciona direito penal e está licenciado.
O novo advogado de Lula também foi colega do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Edson Fachin, responsável pela Lava-Jato desde a morte de Teori Zavascki, que morreu em janeiro passado, vítima de acidente aéreo.
Até ser empossado no STF, em 2015, Fachin também lecionou direito civil na Universidade Federal do Paraná, onde se formou.
Em 2016, Ferreira Filho participou de dois atos realizados na Universidade Federal do Paraná em defesa da democracia e contra violações à Constituição. Ele criticou a interceptação de conversas telefônicas da ex-presidente Dilma Rousseff e a politização do Judiciário. Cerca de 400 pessoas participaram.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia