Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 15 de maio de 2017. Atualizado às 23h26.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Câmara de Porto Alegre

Notícia da edição impressa de 16/05/2017. Alterada em 15/05 às 21h22min

Wambert pode ocupar pasta do Meio Ambiente

Vereador é cotado para assumir Meio Ambiente e Sustentabilidade

Vereador é cotado para assumir Meio Ambiente e Sustentabilidade


LEONARDO CONTURSI/CMPA/JC
Carlos Villela, especial para o JC
A Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Smams), a única grande pasta da prefeitura da Capital que ainda não tem um titular definitivo, pode ser ocupada pelo vereador Wambert Di Lorenzo (Pros).
O nome já vinha sido mencionado por interlocutores do prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB). Ontem, o vereador Idenir Cecchim (PMDB) comentou em pronunciamento na tribuna sobre como Wambert estaria entre os mais cotados para ocupar o cargo. A possibilidade surge após a entrada do vereador para a base do governo, de certa forma fazendo as pazes após um conflito entre ele Marchezan na escolha do nome tucano para as eleições de 2012.
Wambert se disse bastante surpreso com a discussão ao redor de seu nome para a pasta, mas afirmou que se considera capacitado caso receba o convite. Além de vereador e de professor na Pucrs, ele também integra o quadro de pós-graduação da Universidade de Caxias do Sul (UCS) na área de Direito Ambiental, o que o encaixaria dentro da já anunciada intenção do Executivo de colocar um nome com conhecimentos técnicos sobre o assunto dentro da pasta. "Se me chamarem", disse o vereador, "estou pronto para isso".
Um possível entrave para a indicação do vereador pode ser o fato de o parlamentar ser o único de sua sigla na Casa. Se Wambert deixar o cargo na Câmara, o Pros perderia a cadeira que tem no Legislativo municipal, já que o primeiro suplente do vereador é Gilson Padeiro, do PPS.
Seja quem for escolhido, o futuro titular da Smams já assume com o compromisso de começar o processo de revisão do Plano Diretor de Porto Alegre. De acordo com o vice-prefeito Gustavo Paim (PP), que confirmou que a coordenação da revisão ficará com a pasta, a indicação para o cargo está próxima, pois o Executivo quer ter definição a respeito do pacote de projetos da reestruturação municipal, do qual parte já foi enviado à Câmara, para anunciar o nome escolhido.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia