Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 12 de maio de 2017. Atualizado às 15h54.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

ESTADOS UNIDOS

Alterada em 12/05 às 15h56min

Trump não fez uma ameaça ao ex-diretor do FBI, diz porta-voz da Casa Branca

O porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, afirmou nesta sexta-feira que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não ameaçou o ex-diretor do FBI James Comey. Mais cedo, Trump citou Comey, demitido pelo presidente nesta semana, em mensagem no Twitter.
"É melhor para James Comey que não existam 'gravações' de nossas conversações antes que ele comece a vazar informações para a imprensa!", escreveu Trump. O porta-voz disse que o comentário de Trump "não foi uma ameaça".
Spicer disse que a Casa Branca não tinha notícia sobre nenhuma gravação no jantar entre Trump e Comey, ocorrido quando este ainda comandava o FBI. O porta-voz também negou que Trump tivesse pedido que Comey jurasse lealdade a ele, como relatado pela imprensa americana. "O presidente quer lealdade ao país e ao Estado de Direito", afirmou Spicer.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia