Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 03 de maio de 2017. Atualizado às 22h56.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Relações Diplomáticas

Notícia da edição impressa de 04/05/2017. Alterada em 03/05 às 20h03min

Coreia do Norte diz que China é ameaça ao regime

A Coreia do Norte atacou a "falta de sinceridade e traição" da China, em comentário publicado ontem pela agência oficial do governo. Na avaliação do regime de Pyongyang, declarações da imprensa oficial chinesa são "uma ameaça sem disfarces" ao regime norte-coreano.
Segundo o texto, a China deve ponderar sobre as "graves consequências" caso decida abalar as relações bilaterais. O comentário é veiculado no momento em que a China busca conter o programa nuclear e de armas da Coreia do Norte, em meio à pressão do presidente dos EUA, Donald Trump, e de outros membros da Organização das Nações Unidas.
Recentemente, duas publicações oficiais chinesas, o Diário do Povo e o Global Times, publicaram textos aparentemente aludindo à possibilidade de Pequim confrontar militarmente a Coreia do Norte, ou encerrar os laços amigáveis entre os dois vizinhos e aliados, caso Pyongyang não interrompa seu programa de armas.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia