Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 05 de maio de 2017. Atualizado às 15h04.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Crime

05/05/2017 - 09h18min. Alterada em 05/05 às 09h18min

Gerente de casa noturna de Porto Alegre é preso em flagrante por furto de energia

O gerente de uma casa noturna do bairro Moinhos de Vento, em Porto Alegre, foi preso em flagrante na noite de quinta-feira (5), por furto qualificado de energia elétrica. A prisão foi fruto de uma ação conjunta da CEEE com a Delegacia de Repressão aos Crimes contra o Patrimônio das Concessionárias e os Serviços Públicos Delegados (DRCP) da Polícia Civil que verificou que a Rambla, na esquina das ruas Félix da Cunha e Marquês do Herval, tinha consumo estava fora do padrão para o porte do estabelecimento.
Os técnicos da CEEE e da DRCP/DEIC verificaram no local que o estabelecimento possuía dois medidores de energia, sendo que um deles estava com os lacres violados e constava como desligado desde agosto do ano passado. Este medidor abastecia parte dos equipamentos do local – como duas câmaras frigoríficas, três aparelhos de ar-condicionado para ambientes grandes, ar central e toda a cozinha. A CEEE está apurando os valores devidos pela energia furtada.
O gerente foi encaminhado ao sistema prisional. O furto de energia é crime, previsto no Artigo 155 do Código Penal, com pena que pode variar de dois a oito anos de reclusão.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Jeferson Luiz Pereira 05/05/2017 14h40min
O gerente? e o(s) dono(s)?