Porto Alegre, quinta-feira, 25 de maio de 2017. Atualizado às 15h58.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Temer aciona Forças Armadas para conter manifestantes na Esplanada

Uma grande manifestação nesta quarta-feira (24) convocada por centrais sindicais acabou com 49 feridos e 8 prisões em Brasília, no Distrito Federal. Com o objetivo de acalmar os ânimos dos manifestantes, a Presidência da República pediu reforço para as Forças Armadas (foto) para garantia da lei e da ordem. O protesto reuniu, segundo a Polícia Militar, cerca de 45 mil pessoas. Já para a organização, estiveram presentes no ato 150 mil pessoas. O ato gerou casos de vandalismo na capital federal, como depredações de prédios públicos e até fogo no Ministério da Agricultura. Um dia após as manifestações, Michel Temer revogou o decreto, em edição extra do Diário Oficial da União publicado nesta quinta-feira (25), que autorizava a o uso das Forças Armadas na Esplanada. As tropas foram retiradas gradativamente do local.
 

FOTO JOSÉ CRUZ/AGÊNCIA BRASIL/JC
25/05/2017 - 12h47min