Porto Alegre, terça-feira, 09 de maio de 2017. Atualizado às 21h25.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Marcha da Maconha reúne multidão e pede liberdade para usuários presos no Rio

A Marcha da Maconha no Rio de Janeiro reuniu, no último sábado (6), na orla de Ipanema, zona sul da Capital, uma multidão em defesa da legalização do uso da cannabis no País. Os manifestantes ocuparam cerca de um quarteirão de uma das pistas da Avenida Vieira Souto e caminharam um quilômetro ao som de funk, em ritmo de carnaval. A marcha deste ano teve como pauta a liberdade para quem é flagrado com maconha e acaba preso por tráfico de drogas. Desde 2006, a lei não prevê prisão de usuários. Conforme o vereador Renato Cinco (PSOL), um dos organizadores da marcha desde 2005, a metade dos usuários presos portava maconha e boa parte é de usuários. “Acreditamos que muitos não conseguiram provar que eram usuários por falta de advogados, problemas de desestruturação das Defensorias Públicas, falta da capacidade de se defender”, disse.
 

FOTO YASUYOSHI CHIBA / AFP/JC
09/05/2017 - 21h31min