Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 10 de maio de 2017. Atualizado às 23h51.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Copa Sul-Americana

Alterada em 10/05 às 23h53min

No Chile, Corinthians bate Universidad de Chile e avança na Copa Sul-Americana

Rodriguinho (ao centro) foi um dos destaques do Corinthians na partida em Santiago

Rodriguinho (ao centro) foi um dos destaques do Corinthians na partida em Santiago


Claudio Reyes/AFP/JC
Em noite de Cássio, Jadson e Rodriguinho, o Corinthians avançou à segunda fase da Copa Sul-Americana ao vencer o Universidad de Chile por 2 a 1, no estádio Nacional, em Santiago Se na defesa o goleiro segurou as pontas e evitou ótimos momentos do time chileno, na frente os meias alvinegros brilharam com gols e belas jogadas.
A equipe do Parque São Jorge entrou em campo com o placar de 2 a 0 do primeiro jogo a favor e ciente de que, se mantivesse a sua força defensiva, mesmo sem o titular Pablo, daria um grande passo pela vaga. E essa eficiência na zaga tem sido a tônica do Corinthians na temporada. Assim, o time brasileiro começou o duelo esperando o rival e apostando nos contra-ataques.
Em boa fase após o título paulista, o Corinthians parece sempre saber o momento certo de definir. Isso quase aconteceu logo no início, quando Jadson chutou de fora da área, o goleiro Johnny Herrera só olhou e a bola bateu na trave. Depois, Cássio fez pelo menos duas ótimas defesas, na cabeçada de Mora e no chute de Ontivero.
E foi segurando a pressão dos donos da casa que o Corinthians chegou ao primeiro gol. Aos 36 minutos, Cássio deu um chutão para a frente e a bola chegou em Rodriguinho. Ele ajeitou, partiu em velocidade, limpou seus marcadores e mandou no canto, abrindo o placar em linda jogada individual.
Com este gol, o Universidad de Chile precisava fazer quatro gols para reverter a situação. O time tentou reagir após o intervalo, mas logo aos 10 minutos o Corinthians fez o segundo. Rodriguinho recebeu e invadiu a área. Chutou, a bola tocou nos jogadores chilenos e sobrou para Jô. Ele tocou para Jadson, livre, mandar para o gol vazio.
Já com uma boa vantagem, o Corinthians diminuiu o ritmo e viu os chilenos pressionarem. Aos 18 minutos, após um cruzamento de Beausejour, Mora marcou de cabeça e deu um novo ânimo para a equipe chilena, que quase empatou quando Espinoza chutou na trave.

Cruzeiro perde nos pênaltis e está fora da Copa Sul-Americana

Cruzeiro e Nacional-PAR fizeram nesta quarta-feira (10), no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, no Paraguai, uma curiosa reedição da partida de ida: o time visitante saiu na frente e levou a virada por 2 a 1. Pior para o time mineiro. Após perder por 3 a 2 nos pênaltis, a equipe do técnico Mano Menezes foi eliminada ainda na primeira fase da Copa Sul-Americana. É o segundo resultado decepcionante em uma semana, após a derrota na decisão do Campeonato Mineiro, no último domingo.
O Nacional-PAR aguarda agora o sorteio que definirá os duelos da segunda fase da Sul-Americana, anterior às oitavas de final. E, neste domingo, por sua vez, o Cruzeiro tem um importante jogo contra o São Paulo, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, na estreia do Campeonato Brasileiro.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia