Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 09 de maio de 2017. Atualizado às 22h35.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Recopa Sul-Americana

Notícia da edição impressa de 10/05/2017. Alterada em 09/05 às 21h37min

Em noite de emoção, Chapecoense decide título com o Atlético Nacional

Emoção não faltará na decisão da Recopa Sul-Americana, hoje, em Medellín, na Colômbia. O duelo envolvendo Atlético Nacional e Chapecoense será disputado no estádio Atanásio Girardot, às 21h45min. Na primeira partida, em Santa Catarina, vitória da Chape por 2 a 1.
As duas equipes deveriam ter se enfrentado inicialmente na decisão da Copa Sul-Americana, mas um acidente aéreo, no dia 29 de novembro do ano passado, deixou 71 mortos, entre eles, grande parte do time catarinense. A pedido do Atlético, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) concedeu o título à Chapecoense. Por ironia do destino, brasileiros e colombianos ganharam uma nova chance de se enfrentar na Recopa, que reúne o campeão da Sul-Americana e o da Libertadores, no caso, o time de Medellín. 
O novo elenco da Chape desembarcou na segunda-feira em solo colombiano. A delegação inclui os sobreviventes Jackson Follmann, Alan Ruschel, Neto e o jornalista Rafael Henzel. Ontem, eles foram ao encontro das histórias que marcaram o resgate e a recuperação de suas vidas. O ex-goleiro Follmann, que teve a perna amputada, conversou com o policial que o encontrou em meio aos destroços no morro do Cerro Gordo. Os quatro fizeram questão de visitar o Hospital São Vicente, para onde foram levados após o acidente. Emocionados, abraçaram e agradeceram aos funcionários.
Dentro de campo, a Chapecoense terá a chance de conquistar o segundo título em menos de uma semana. Campeã catarinense no domingo, a equipe joga por qualquer empate ou uma derrota por um gol, desde que o placar seja superior a 2 a 1.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia