Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 29 de maio de 2017. Atualizado às 10h05.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

Alterada em 29/05 às 10h10min

De olho na Ptax, dólar oscila e sobe, apoiando juros, em meio à crise de Temer

Em semana de definição da última Ptax de maio, na quarta-feira (31) o dólar à vista abriu nesta segunda-feira (29) em queda, mas subiu depois, se alinhando ao avanço do dólar futuro de junho registrado desde a abertura da sessão. Segundo operadores de câmbio, os sinais desiguais no começo do dia refletiram ajustes de posições ao fechamento anterior em meio a uma liquidez reduzida por conta dos feriados nos Estados Unidos e Reino Unido, onde os mercados permanecem fechados nesta segunda.
Na política, a troca de ministro da Justiça é a novidade da segunda-feira na crise do governo Temer, após o pedido de demissão da economista Maria Silvia da presidência do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Bndes), na sexta passada.
Fontes afirmam nos bastidores que o novo ministro da Justiça, Torquato Jardim, deve fazer mudanças na Polícia Federal, que conduz a Lava Jato e outras operações que investigam a corrupção envolvendo agentes privados, Michel Temer e vários ministros e integrantes de seu governo, além de deputados e senadores da base aliada e oposição.
Às 9h37min, o dólar à vista subia 0,15%, aos R$ 3,2721. O dólar futuro para junho avançava 0,38%, aos R$ 3,2750.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia