Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 15 de maio de 2017. Atualizado às 18h56.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

bancos

Alterada em 15/05 às 18h58min

Citi faz mudanças em departamento econômico no Brasil e Kfoury deixa banco

A área de análise do Citibank passa por mudanças no Brasil e na América Latina. Depois de 11 anos na casa, Marcelo Kfoury, economista-chefe do Departamento Econômico do Citi no País deixou o banco e vai ser professor em tempo integral da Fundação Getulio Vargas (FGV).
No departamento do Citi, os economistas Leonardo Porto e Mauricio Une continuam a fazer a cobertura econômica no Brasil, de acordo com o banco.
A área de análise na América Latina também passou por uma mudança recente. Ernesto Revilla foi anunciado como chefe do Departamento Econômico para a região. Até agora, Revilla cuidava da área no CitiBanamex, a operação do banco norte-americano no México.
Anteriormente, ele foi economista-chefe do ministério das Finanças do México.
Em outubro do ano passado, o Citi vendeu a área de varejo no Brasil para o Itaú, por R$ 710 milhões. O banco segue operando no país na área de atacado, com foco médias e grandes empresas.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia