Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 11 de maio de 2017. Atualizado às 22h44.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Agronegócios

Notícia da edição impressa de 12/05/2017. Alterada em 11/05 às 20h46min

Seis importadores negociam US$ 13,4 milhões durante a Expoarroz

A passagem de seis importadores de arroz pelo Brasil a convite do projeto Brazilian Rice deve gerar US$ 13,4 milhões em negócios para o País para os próximos 12 meses. O grupo participou de visitas técnicas a indústrias nacionais de arroz e mais de 100 reuniões de negócio com 19 exportadores brasileiros de arroz em meio às atividades da Expoarroz, em Pelotas, que se encerrou nesta quinta-feira. O Brazilian Rice é uma iniciativa da Associação Brasileira da Indústria do Arroz (Abiarroz) e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) para o incentivo às vendas deste cereal no mercado internacional.
Oriundos de Gâmbia, EUA (dois), Bolívia, Bélgica e México, os importadores tiveram por característica a compra de arroz beneficiado em contêiner e potencial de multiplicação da aquisição para diversos países. É o caso de Juan Carlos Rivas, da Nexus America, dos EUA, empresa que comercializa arroz para mais de 20 nações e atualmente não importa o cereal do Brasil. "Vemos interessantes oportunidades a partir desta visita; os exportadores daqui têm amplo conhecimento deste negócio, com um produto de qualidade superior", destacou.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia