Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 04 de maio de 2017. Atualizado às 22h36.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Previdência

Notícia da edição impressa de 05/05/2017. Alterada em 04/05 às 22h31min

Destaques da reforma serão votados na terça

Carlos Marun avisou que categoria não vai obter vantagem 'na marra'

Carlos Marun avisou que categoria não vai obter vantagem 'na marra'


MARCELO CAMARGO/MARCELO CAMARGO/ABR/JC
O presidente da comissão especial da reforma da Previdência, Carlos Marun (PMDB-MS), disse que a invasão de agentes penitenciários, ocorrida durante a votação de quarta-feira à noite, não atrapalha o restante da votação. Ele marcou para a próxima terça-feira a retomada da sessão, interrompida por conta da confusão. Segundo Marun, faltam "10 ou 11" destaques para serem votados. Ele não acredita que o texto original será modificado significativamente, com a votação dos destaques.
A segurança da comissão será revista, avisou. Marun disse ser favorável ao pleito dos agentes penitenciários, que querem ter as mesmas condições especiais de aposentadoria previstas para policiais federais e legislativos, mas avisou que não vai ser "na marra" que eles vão conseguir ser atendidos.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia