Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 04 de maio de 2017. Atualizado às 11h19.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Imobiliário

04/05/2017 - 11h08min. Alterada em 04/05 às 11h20min

Preços de imóveis à venda em Porto Alegre caem pelo segundo mês consecutivo

Preço médio na Capital gaúcha ficou em R$ 5.667,00, ante R$ 7.696,00 na média do FipeZap

Preço médio na Capital gaúcha ficou em R$ 5.667,00, ante R$ 7.696,00 na média do FipeZap


LOTTICI/DIVULGAÇÃO/JC
Os preços dos imóveis à venda em Porto Alegre caíram pelo segundo mês consecutivo. Segundo a pesquisa FipeZap, os valores recuaram 0,15% em abril, depois de baixar 0,03% em março. No ano, a queda acumulada é de 0,06%. Nos últimos 12 meses, a alta foi de 2,52% pelo índice FipeZap. O preço médio do metro quadrado na Capital gaúcha ficou em R$ 5.667,00 em abril, ante R$ 7.696,00 na média geral do FipeZap. 
Já na média das cidades pesquisadas o preço da venda se manteve estável, com recuo quase imperceptível de 0,01% em abril frente a março. No ano, porém, a alta acumulada é de 0,08%, em em 12 meses de 0,69%. O índice reflete o mercado em 20 cidades brasileiras. 
Assim como registrado no mês anterior, as variações de preço observadas se mantiveram abaixo do IPCA/IBGE projetado pelo Boletim Focus do Banco Central. A inflação esperada para o mês de abril pelos analistas ouvidos - já que ainda não foi fechado o índice oficial - é de 0,20%. Nos 12 meses, a inflação acumulada é de 4,14%.
Individualmente, nove das 20 cidades pesquisadas apresentaram recuo nominal nos preços de venda entre março e abril, com destaque para Fortaleza (-0,54%), Rio de Janeiro (-0,40%), Niterói (-0,36%) e Recife (-0,29%). Em quatro cidades, Vila Velha (+0,40%), Florianópolis (+0,36), Santo André (+0,29%) e São Paulo (+0,27%), as variações observadas nos preços superaram a inflação esperada para o mês de abril (+0,20%).
Considerando os últimos 12 meses, 6 das 20 cidades pesquisadas acumulam queda nominal nos preços de venda: Goiânia (-3,50%), Niterói (-2,48%), Rio de Janeiro (-2,07%), Fortaleza (-1,55%), Distrito Federal (-1,18%), e Recife (-0,22%). De forma diversa, apenas os preços registrados em Belo Horizonte acumulam variação superior à inflação para o período (+8,0%, face à inflação acumulada de +4,14%).
O preço médio anunciado nas cidades monitoradas pelo Índice FipeZap acumula queda real de 3,32% nos últimos 12 meses. Em abril, o valor médio de venda dos imóveis nas 20 cidades monitoradas foi de R$ 7.696,00 por metro quadrado. O Rio de Janeiro se manteve como a cidade com o metro quadrado mais caro do país (R$ 10.180,00), seguida por São Paulo (R$ 8.680,00) e Distrito Federal (R$ 8.445,00).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia