Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 03 de maio de 2017. Atualizado às 13h45.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

E-COMMERCE

Notícia da edição impressa de 03/05/2017. Alterada em 03/05 às 13h46min

Dia das Mães movimentará R$ 1,73 bilhão no comércio eletrônico, mostra pesquisa da Ebit

Smartphones lideram a lista de intenção de presentes para a data

Smartphones lideram a lista de intenção de presentes para a data


JOÃO MATTOS/Arquivo/JC
O Dia das Mães, que neste ano será celebrado em 14 de maio, deverá movimentar R$ 1,73 bilhão no comércio eletrônico (e-commerce), alta de 7% ante ao mesmo período em 2016, quando foi registrado R$ 1,62 bilhão, aponta o monitoramento da Ebit, empresa referência em informações sobre o comércio eletrônico brasileiro. O tíquete médio deverá registrar elevação de 3,5%, de R$ 402,00 para R$ 416,00. Na comparação ante ao ano passado, o número de pedidos deverá subir 3%, de 4,036 milhões para 4,155 milhões.
A Ebit estima essa movimentação entre os dias 29 de abril e 13 de maio. O Dia das Mães é considerado uma das principais datas do calendário nacional do varejo eletrônico. O crescimento de 2017 está praticamente em linha com o mesmo período de 2016, quando foi registrando um avanço de 8%. "Apesar da estimativa de crescimento ainda de um dígito, acreditamos que as vendas do segundo semestre deverão ser mais aquecidas por conta da melhora das condições econômicas, da Black Friday e Natal. Os números estão dentro da perspectiva da Ebit, que espera que o e-commerce cresça 12% neste ano", ressalta o CEO da Ebit, Pedro Guasti.
Em apenas cinco anos, o faturamento do comércio eletrônico praticamente dobrou durante o Dia das Mães. "Neste curto período de tempo as vendas expandiram de R$ 913 milhões, em 2012, para R$ 1,7 bilhão previstos para 2017", afirma.
Guasti aponta que neste o ano o consumidor apostará em produtos em faixas de preços bem elástica para presentear as mães. A pesquisa da Ebit aponta que os cinco produtos mais desejados são smartphones, vinhos, perfumes, água de colônia e TV. "Podemos encontrar produtos nesta lista a partir de R$ 50,00 mostrando opções bem diferenciadas, agradando os consumidores com orçamentos mais apertados até os mais abonados."
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia