Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 05 de maio de 2017. Atualizado às 11h18.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Carlos Pires de Miranda

Gastronomia

homem na cozinha

Notícia da edição impressa de 05/05/2017. Alterada em 04/05 às 16h46min

Fácil, prática e apetitosa

CPM/DIVULGAÇÃO/JC
A receita funciona bem como entrada ou integrando uma mesa de brunch. Na próxima sexta-feira, iremos sugerir um prato principal, que com ela poderá compor um almoço caseiro para as mamães.
Pot pie de camarão e shiitake
Ingredientes:
  • 400g de camarões médios limpos
  • 1 colher (chá) de sal
  • pimenta do reino moída na hora
  • 1 colher (sopa) de manteiga com sal
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 cebola picada
  • 5 cogumelos shiitake grandes fatiados
  • xícara (chá) de vinho branco seco
  • 500g de creme de leite
  • folhas de 3 ramos de salsa picadas
  • 1 folha de massa folhada (100g)
  • 1 gema
Modo de preparar:
1-Temperar camarões com sal e pimenta. Reservar.
2-Derreter manteiga em uma frigideira de bordas altas e dourar ligeiramente alho e cebola.
3-Aumentar o fogo, juntar camarões e refogá-los rapidamente até ficarem rosados. Retirar e reservar.
4-Na mesma frigideira, refogar shiitakes. Juntar vinho e cozinhar por 10 minutos, até que o álcool evapore. Adicionar creme de leite, salsa picada e cozer por mais 10 minutos, para que reduza e encorpe.
5-Misturar camarões ao creme e dividir em seis refratários individuais com 9 cm de diâmetro cada.
6-Cortar cuidadosamente a massa em seis discos de 10 cm de diâmetro. Acomodá-los sobre os rabequins, sem deixar que a massa toque o recheio e mantendo as bordas para fora.
7-Pincelar com gema ligeiramente batida e levar ao forno preaquecido a 180°C. Assar por 10 minutos, ou até que a massa esteja dourada e crocante.

Para as tardes de sábados

prato do dia 2
prato do dia 2
ENEIDA SERRANO/DIVULGAÇÃO/JC
As feijoadas voltaram com tudo. A mais tradicional, que migrou do Plazinha para o São Rafael, é também a única a servir feijão branco como opção. Abriu sua temporada no dia 8 de abril, com a variedade habitual de carnes, acompanhamentos e sobremesas, tudo por R$ 73,00 ( 10%). Reservas: (51) 3220-7000.
No ano passado, estreou a feijoada do Hotel Radisson, com a melhor relação entre preço e qualidade: R$ 41,90. Não falta nada nos bufês, tudo feito com capricho, sobremesas incluídas. Visitas à ilha de caipirinhas acrescem R$ 10,00 na conta. Rua Lucas de Oliveira, 995. Reservas: (51) 3019-8000 ou (51) 99682-6132.
Nos arredores de Gramado, a paradisíaca Estalagem La Hacienda recomeça sua feijoada neste sábado. Vejam na foto algumas das panelas com carnes, mas, por favor, enxerguem além delas - o cenário bucólico do campo combinado a um ambiente de elegante informalidade. Falta mostrar as mesas de entradas, acompanhamentos e sobremesas - (R$ 90,00 10%). Reservas: (54) 3295-3088 ou (54) 99171-7798.
E jamais esquecendo a feijoada do Laje de Pedra, em Canela. Completíssima, com apreciáveis entradas e sobremesas, mais o lindo panorama, visto de qualquer mesa, custa módicos R$ 61,00 ( 10%). Reservas: (54) 3278-9200.

Ninguém pescou nada em 2017?

opinião
opinião
CPM/DIVULGAÇÃO/JC
Neste ano, as mães da família decidiram abrir mão de meu churrasco de todos os anos e almoçar fora na sua data. Encarregado de escolher o restaurante, de pronto eliminei os que não aceitam reserva e preferi começar pelos cardápios do clube do qual somos associados. Pois nos bufês previstos para os salões principais, absolutamente nada havia de pescados, nem mesmo um lambari. No restaurante da piscina encontrei mais equilíbrio: mousse de salmão, salmão no papelote e fettuccine ao molho de camarão farão boa companhia a várias opções de carnes.
Segui adiante na pesquisa: no categorizado Plaza São Rafael, as entradas eram bem abrangentes, tentadoras. Na ilha de pratos quentes, contudo, apenas uma caldeirada de peixe (não identificado) e camarão, entre tantas carnes, constava da ampla programação dos bufês. O restaurante do Sheraton, entre carnes, aves e barriga de porco, apresentará bacalhau às natas e salmão assado no sal grosso, o que já é alguma coisa.
Na próxima sexta-feira, vamos detalhar as informações para o almoço mais movimentado do ano. Tenham ou não pescados, embora estranhando a inexpressiva presença deles nos menus. Gaúchos são antes de tudo carnívoros, sei. Só que o Brasil tem milhares de quilômetros de litoral - incluindo o Rio Grande - e essa riqueza precisa estar representada em todos os cardápios.
Essa moqueca da foto fez nossa alegria no Restaurante Nau, em Natal (RN), durante as férias de verão.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Dorian R. Bueno 05/05/2017 08h40min
PANELAS DE FERRO !!! Puxa vida, eu até que cozinho bem legal, mas por não ter um salário digno que me permite comprar as panelas certas, acredito que as carnes não ficam como as que aparecem em propagandas e fotos. Gosto de fazer costela de dianteiro com aipim, mas a minha panela é pequena e não é de ferro.nQuem sabe um dia antes de comprar a minha casa própria, consiga comprar algumas panelas de ferro. Abs. Dorian Bueno, POA, 05.05.2017n