Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 26 de maio de 2017. Atualizado às 00h48.

Jornal do Comércio

Automotor

COMENTAR | CORRIGIR

Internacional

Notícia da edição impressa de 26/05/2017. Alterada em 25/05 às 19h57min

Volkswagen deixa sua gama mais sofisticada com o Arteon

Medidas generosas conferem imponência, reforçada pelo design elegante e discretamente esportivo

Medidas generosas conferem imponência, reforçada pelo design elegante e discretamente esportivo


VOLKSWAGEN/DIVULGAÇÃO/JC
O automóvel é baseado na Plataforma Modular Transversal da Volkswagen e possui medidas generosas. São 4.862 milímetros de comprimento, 1.871 mm de largura e 1.427 mm de altura, além de 2.841 mm de entre-eixos, que garantem excepcional espaço interno para os ocupantes, e até 1.557 litros de capacidade de bagagem.
Em termos de design, o Arteon sugere dinamismo com muita elegância. Na parte dianteira, o imponente capô se estende sobre a grade e os para-lamas. Faróis de LED e luzes de condução diurna se conectam com as barras transversais cromadas. Os "ombros" marcados na traseira, os para-lamas "musculosos" e os arcos de rodas salientes acima das rodas de liga-leve de 20 polegadas conferem estilo de carro esporte.
A Volkswagen disponibilizará seis motores altamente eficientes para o veículo, todos de quatro cilindros, com injeção direta de combustível e turboalimentados. A oferta inclui três propulsores a gasolina de 150 cv, 190 cv e 280 cv de potência, mais três a diesel de 150 cv, 190 cv e 240 cv de potência. O motor de "entrada" a gasolina, o 1.5 TSI Evo, é um projeto novo.
Todos os motores podem ser combinados com uma caixa automática de dupla embreagem (DSG), à exceção do 1.5 de 150 cv, que usa apenas câmbio manual. As versões mais potentes também adotam a tração integral permanente. As demais têm tração dianteira.
A eletrônica embarcada é abundante no Arteon. O modelo traz a última geração do controle de cruzeiro adaptativo, que agora considera dados como os limites de velocidade da via e informações do caminho, e ajusta a velocidade do veículo de acordo com eles.
Graças ao sistema de navegação por GPS e aos dados da estrada, as novas luzes dinâmicas de curvas com controle preditivo do facho antecipam quando uma curva fechada se aproxima e a iluminam antes mesmo de o motorista esterçar o volante. A segunda geração do assistente de emergência proporciona mais segurança: caso o condutor experimente um mal súbito, o dispositivo não apenas reduz a velocidade do carro dentro de certos limites como também o direciona para a faixa de rolamento mais lenta, desde que o tráfego permita.
A Volkswagen comercializará o Arteon com duas linhas de personalização exclusivas: Elegance e R-Line. Entre os itens selecionáveis aparecem teto solar panorâmico deslizável e inclinável; ar-condicionado automático com três zonas, sensor de qualidade do ar e filtro alergênico; assentos dianteiros com massageadores; volante aquecido; e interior em couro padrão napa em dois tons.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia