Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 05 de abril de 2017. Atualizado às 19h36.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

França

Alterada em 05/04 às 19h37min

Le Pen e Macron têm empate técnico em pesquisas para presidência da França

A candidata de extrema-direita da Frente Nacional, e o centrista Emmanuel Macron, do partido En Marche, aparecem tecnicamente empatados em duas pesquisas divulgadas nesta quarta-feira sobre a corrida presidencial do país. Atrás de ambos, o direitista François Fillon tenta buscar uma vaga no segundo turno.
Na pesquisa realizada pelo Ifop, Le Pen aparece com 25% das intenções de votos, enquanto Macron tem 24,5%. Fillon, por sua vez, tem 18% das intenções. Já na sondagem do instituto Elabe, Le Pen e Macron ambos registram 23,5% das intenções, mas perdendo um pouco de apoio. Neste caso, Fillon aparece com 19%.
Outrora favorito na disputa, o ex-primeiro-ministro Fillon caiu em desgraça com parte do eleitorado após vir a público que ele, quando deputado, contratou a mulher e dois filhos. Há uma investigação em andamento para determinar se os familiares de fato fizeram os trabalhos para os quais foram contratados ou se eram funcionários fantasmas. O caso desgastou a imagem de Fillon, que viu Macron se consolidar como o provável rival de Le Pen no segundo turno.
Le Pen é vista com temor por sua postura xenófoba e cética em relação à União Europeia e à zona do euro. A candidata diz que deseja retirar a França da região da moeda comum e da UE, enquanto Macron defende a permanência no bloco.
O primeiro turno acontece em 23 de abril e o provável segundo turno, em 7 de maio.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia