Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 26 de abril de 2017. Atualizado às 23h34.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Assistência Social

Notícia da edição impressa de 27/04/2017. Alterada em 26/04 às 20h46min

Governo pretende abrir mais cinco Centros de Juventude

O governo gaúcho promoveu ontem a assinatura de um termo de colaboração com organizações não governamentais para a instalação de cinco Centros de Juventude, voltados a jovens em situação de vulnerabilidade. Os centros são parte do Programa de Oportunidades e Direitos do governo estadual. A previsão é de atingir, de forma direta ou indireta, 59 mil jovens na Região Metropolitana, evitando que se envolvam com atividades criminosas. Cerca de R$ 10 milhões serão liberados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento para financiar as atividades.
Segundo o governador José Ivo Sartori, os centros serão "fábricas de oportunidades, de alternativas e de construção de talentos", oferecendo oportunidades de protagonismo para os participantes. As unidades serão lançadas em Porto Alegre (nos bairros Restinga, Cruzeiro do Sul e Rubem Berta), Alvorada (Umbu) e Viamão (Santa Cecília). Os novos centros se unem ao da Lomba do Pinheiro, na Capital, que está funcionando desde março.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia